17 de agosto de 2020

VERGONHA: Prefeito de Tabocão é eleito um dos piores do Estado do Tocantins

Após receber nota "ZERO" em transparência o prefeito de Tabocão é considerado um dos piores do Estado do Tocantins.

O município de Tabocão (antiga Fortaleza do Tabocão) recebeu um título desagradável e vergonhoso, no tocante a transparência nas contas públicas. A hospitaleira população de Tabocão orgulhosa por ali viver será submetida a vergonha de aparecer na lista das piores cidades do Tocantins, segundo dados colhidos pelo portal G1-TO.

Vários fatores devem somar para que, a gestão do prefeito Vaguim do Valdomiro esconda os dados sobre gastos exorbitantes da prefeitura. Ítens, como os milhões de reais da Pandemia que, ninguém sabe onde foi parar, gastos pessoais com luxúria e vaidades pessoais, além de contratos com suspeita de superfaturamento.

Má gestão dos recursos

Segundo informações, à saúde no município funciona de forma precária, onde faltava de tudo, inclusive profissionais de saúde, para determinados cargos, improvisos e gambiarras que, cuminam em total estado de abandono, além de índices alarmantes de casos de Covid-19, incompatíveis com a população de cerca de 2.500, por pura desatenção e falta de gestão pública. A infraestrutura da cidade é precária, estradas vicinais em péssimo estado de conservação, limpeza pública de mal a pior e investimento "ZERO" em casas populares. 

Por essas e outras, o prefeito Vaguim é responsável direto pela vergonha sofrida, frente a outros municípios do promissor Estado do Tocantins. O povo sentia orgulho da próspera cidade que, hoje é motivo de piada deselegante, Estado afora. O título de um dos piores prefeitos do Tocantins, eleva o candidato a reeleição ao julgamento do população que, com orgulho não aceita ser enganado por obra eleitoreira, atendimento médico somente durante a eleição ou ser tratado como mercadoria, pelo prefeito Vaguim que, deverá ser alvo de investigação do Ministério Público Estadual, frente aos desmandos.

O Tabocãense quer saber: "Cadê o dinheiro que, estava aqui?"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!