22 de novembro de 2019

Morre aos 60 anos, em Orlando, o apresentador Augusto Liberato (Gugu)

Gugu Liberato passou 16 anos à frente do 'Domingo legal', no SBT. Em 2009 foi para a Record TV e ganhou seu 'Programa do Gugu' Foto: Divulgação

Antônio Augusto Moraes Liberato, popularmente conhecido como Gugu Liberato , morreu nesta sexta-feira (22), aos 60 anos. Na última quarta-feira (20), o apresentador sofreu um acidente doméstico em sua casa, na cidade de Celebration, há 30 km de Orlando , no estado americano da Flórida. O apresentador sofreu uma queda de quatro metros de altura e foi levado ao hospital Orlando Heath, mas não resistiu. Gugu caiu enquanto tentava trocar o filtro do ar-condicionado. No momento do acidente, estava acompanhado apenas de sua mulher, Rose Di Matteo.

Devido à gravidade do estado, não foi indicado qualquer procedimento cirúrgico. Durante o período de observação, foi constatada a ausência de atividade cerebral, segundo a nota de falecimento, que não especifica a data exata da morte.

Filho de pais portugueses, Gugu começou na televisão aos 14 anos como auxiliar de produção do Silvio Santos , à época na TV Globo. O paulistano foi chamado por Silvio porque o escrevia cartas lhe sugerindo programas.

Considerado um dos apresentadores mais consagrados da história da TV brasileira, Gugu Liberato esteve à frente de atrações que marcaram época no SBT, como "Viva a noite" (1982-1992), "Sabadão sertanejo (1991-1996)", "Domingo legal" (exibido entre 1993 e 2009). Na RecordTV, comandou o programa "Gugu" (2015-2017), o reality show "Power couple Brasil" e, agora, estava à frente do talent show "Canta comigo".

Silvio Santos e Gugu Liberato em registro do 'Programa Silvio Santos', em 1988 Foto: Arquivo O Globo / Agência O Globo

Sucesso no SBT

Gugu chegou a iniciar um curso de odontologia na Universidade de Marília, em São Paulo, mas desistiu da faculdade para atender ao chamado de Silvio Santos.  No "Viva a noite", promoveu nomes como o grupo Menudo , popular pelo hit "Não se reprima", além de ter lançado com sua produtora conjuntos como Dominó e Polegar.

O apresentador vivia o auge do sucesso do programa no SBT, em agosto de 1987, quando recebeu uma proposta da TV Globo e decidiu assinar o contrato. Mas Silvio Santos interveio. O dono do SBT faria uma delicada cirurgia e fez uma proposta tentadora a Gugu: ofereceu-lhe parte da programação dominical e aumentou seu salário em dez vezes, fora os honorários com publicidade.

Em 17 de abril daquele mesmo ano, Gugu estreou aos domingos no SBT. À época, apresentava sozinho os quadros "Passa ou repassa" e "Cidade contra cidade". Apesar de estar à frente de parte das atrações dominicais, Gugu manteve-se na apresentação de programas exibidos aos sábados à noite, a exemplo do "Sabadão sertanejo".

No dia 18 de abril de 2018, na faixa das 22h30, logo após o "Jornal da Record", o apresentador assumiu a nova temporada do programa "Power couple Brasil", que passou a ser exibido de segunda a sexta-feira. Em 18 de julho daquele mesmo ano, estreou um novo programa na RecordTV, o talent show "Canta comigo", exibido às quartas-feiras, às 22h30.

O apresentador deixa três filhos, frutos do casamento com a médica Rose Miriam di Matteo: João Augusto, de 18 anos, e as filhas gêmeas, Marina e Sofia, de 15.

Fonte: Globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!