5 de agosto de 2019

Blog desmascara "Pagodeiro" que atacou mulheres maranheses nas Redes Sociais


Do Blog do NaãRamos

"Besouro Pagodinho" comoele próprio se intitula no Instagram, já atacou outras cidades doMaranhão no ano passado e seu alvo sempre foram as mulheres.

Um falso cantor usou sua rede social Instagram para divulgar vídeos com ofensas a moradores da cidade de Caxias, Peritoró e Alto Alegre do MA, localizadas no interior do Maranhão. "Besouro Pagodinho" como ele se intitula como cantor de pagode, chegou a dizer em vídeo que foi contratado para fazer um show em Caxias e que a cidade não tinha um hotel que presta chegando a cancelar seu show, chegou chamar a "cidade de índio" seguido de que "cidade de mulher feia e de homens noiados". 

Em outro vídeo que ele publicou na sua rede social, ele dessa vez ataca e ofende homens e mulheres da cidade de Peritoró, usando termos que não iremos reproduzir, pois é muito pejorativo.

O "Besouro Pagodinho" é nada mais que José da Silva Frazão Neto, um ex-porteiro de prédio e atualmente trabalha como ajudante de eletricista de uma empresa terceirizada da construção civil na cidade de São Paulo.

José da Silva Frazão Neto já se envolveu em outras polêmicas no ano de 2018, quando fez diversos áudios e vídeos ofendendo os moradores de Codó, Bacabal e São Luis Gonzaga também no Maranhão e espalhava os conteúdos em grupos de WhatsApp.

Portanto, o "Besouro Pagodinho" é fake, não passa de mais um mentiroso que, usa às redes sociais para tentar se promover. O problema é que, o "Stilo" usado para auto promoção, pode render ao rapaz, processos, cana da boa ou taca pra 14 jumentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!