26 de fevereiro de 2019

Manifestantes pedem a liberdade do senhor Elias do Zé Chicão


Um grupo considerável de populares percorreu às principais ruas de Olho d'Água das Cunhãs pedindo a liberdade do senhor Elias.

Os manifestantes estiveram em frente aos órgãos públicos, como Delegacia de Polícia Civil, Ministério Público e Fórum, Conselho Tutelar e Prefeitura onde ecoaram gritos pela soltura do senhor Elias, 66 anos, morador do Povoado Zé Chicão (Olho d'Água).

O movimento pedido a libertação de um suspeito aconteceu de forma inédita no município. Compareceram ao manifesto moradores das localidades: Zé Chicão, Tetéu, Telêmacos, Taboca, Lombada, Bacuri da Linha, Setúbal e da sede do município.

Familiares e amigos do senhor Elias contestam a versão da acusador. Segundo eles, a relação amistosa entre o suspeito e o denunciante não seria das melhores, embora sejam parentes próximos. O que poderia ter resultado na falsa acusação contra Elias. Ainda de acordo com informações de parentes, a própria mãe do homem que, registrou o B.O, teria ido a delegacia desmentir a versão do filho, mas não encontrou a autoridade policial. Ela é irmã de Seu Elias.

Entenda o caso:

O suspeito foi preso sob suspeita de estupro de vulnerável. Segundo a denúncia, ele teria pedido a menor que fizesse sexo oral. A vó da menina teria desmentido a versão.

Após registrar a ocorrência em desfavor de Seu Elias, o pai da menina e a família desapareceram sem deixar rastros. Vale informar que, o suspeito, denunciante e a suposta vítima pertencem a mesma família e, não há histórico de violência envolvendo estes, nem outros familiares. Porém, há relatos que o pai da menina e o suspeito não tinham boa relação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!