15 de dezembro de 2018

Ministério Público pede inelegibilidade de youtuber eleito deputado estadual do CE

Deputado mais votado no Ceará e o mais jovem do Brasil, André Fernandes (PSL) é alvo de ação do Ministério Público Eleitoral. O procurador Anastácio Nóbrega Tahim Júnior pediu, nesta quinta-feira (13), a inelegibilidade do futuro parlamentar por meio de uma ação de investigação judicial eleitoral, alegando abuso de poder religioso.

O então candidato André Fernandes foi beneficiado com uma espécie de publicidade extraoficial ao ser exaltado no contexto de diversos cultos religiosos, perante milhares de fiéis presentes no local, o que lhe propiciou experimentar invejável e ilegítimo favorecimento, em evidente quebra da paridade de armas”, afirma o procurador.

André Fernandes recebeu 109.742 mil votos e se envolveu em diversas polêmicas, como chamar o governador Camilo Santana (PT) de “frouxo” em um vídeo, o que lhe rendeu a fama na internet. Com mais de 1 milhão e meio de curtidores na página do Facebook e quase meio milhão no Youtube, o cearense, natural de Iguatu, ficou conhecido como youtuber e teve o apoio do presidente eleito, Jair Bolsonaro, também do PSL.

Fonte: Tribuna do Ceará

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!