13 de agosto de 2018

Deficiente auditiva é reprovada no IFMA por falta de intérprete, denuncia mãe

Do Blog do Sérgio Matias
A denúncia feita pela mãe da aluna foi divulgada pelo jornalista e radialista Gilberto Lima, e, de acordo com ela, a estudante Rayane Raquel Silveira, do curso superior em Tecnologia de Alimentos, no Campus do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), Campus Bacabal, está sendo prejudicada por falta de um intérprete nas aulas.
Ela é deficiente auditiva e passou no Enem sem auxílio de cotas para deficientes, sendo matriculada no dia 05 de março deste ano.
Segundo denúncia de Maria de Fátima, mãe da estudante, em contato com o Blog do Gilberto Lima, Rayane foi reprovada no 1º período e poderá fazer rematrícula em apenas uma disciplina.
O descaso já foi denunciado ao Ministério Público, mas não houve nenhuma iniciativa no sentido de fazer com que o IFMA resolva o problema de contratação de intérprete.
Confira o desabafo da mãe da estudante.
Minha filha Rayane Raquel Silveira de Oliveira é deficiente auditiva bilateral. Passou no Enem sem auxílio de cotas para deficientes e foi matriculada dia 05.03.2018 no curso superior em tecnologia de alimentos, campus Ifma Bacabal/MA, onde foi especificado a necessidade de um intérprete nas aulas. Em espera desde então a mesma foi reprovada no 1º período,  podendo fazer rematrícula apenas em uma disciplina.
Quero aqui deixar a minha indignação, como mãe, pelo descaso da instituição em resolver o problema da aluna, já que educação especial e um direito que lhe assiste, conforme lei da inclusão, sendo a única surda académica na cidade de Bacaba/MA.
Tentamos contato com ouvidoria do IFMA sem sucesso. Abrimos denúncia no Ministério Público Federal e nada.
A mesma continua frequentando as aulas normalmente, na espera de uma solução por parte do IFMA.
Maria de Fátima 
(99)98129-9880

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!