20 de maio de 2018

Sampaio Corrêa bate o Brasil de Pelotas e deixa zona de rebaixamento

O início de participação do Sampaio Corrêa no Campeonato Brasileiro Série B não foi dos mais empolgantes para a torcida tricolor. Afinal de contas, depois da vitória sobre o Coritiba na estreia, a Bolívia Querida amargou um jejum de quatro jogos sem triunfos na Segundona e foi parar na zona de rebaixamento. Para afastar a crise e se recuperar na Série B, o Sampaio precisava de um grande resultado, que aconteceu na noite deste sábado (19): mesmo atuando na fria Pelotas, diante da pressão do Brasil e de seus torcedores no Bento Freitas, o Tricolor venceu por 2 a 1 e deixou as últimas colocações da competição nacional.

Com muita personalidade, o Sampaio Corrêa encaminhou a vitória ainda no primeiro tempo. Aos 16 minutos, o zagueiro Fredson aproveitou cobrança de falta de Bruno Moura, fez o desvio de cabeça e abriu o placar a favor do time maranhense. Já aos 45, o zagueiro Héverton, do Brasil de Pelotas, tentou cortar cruzamento de Bruninho e fez gol contra. O Xavante descontou aos 17 minutos da etapa final, com o lateral Eder Sciola, mas não teve forças para buscar o empate.

A primeira vitória como visitante nesta edição da Série B foi crucial para o Sampaio Corrêa, que chegou aos sete pontos, subiu quatro posições e ocupa agora a 13ª colocação. Já o Brasil de Pelotas, que sofreu a sua primeira derrota no Bento Freitas na competição nacional, entrou na zona de rebaixamento: com cinco pontos, o Xavante está na 17ª posição.

A próxima partida do Sampaio Corrêa na Série B será no dia 28 de maio, às 20h, contra a Ponte Preta, no Estádio Castelão. Antes disso, entretanto, a Bolívia Querida terá um duelo diante do Vitória na noite desta quinta-feira (24), às 19h, no Estádio Barradão, pelas quartas de final da Copa do Nordeste. Os dois jogos do Tricolor terão transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. O Brasil de Pelotas, por sua vez, enfrenta o Londrina no próximo sábado (26), no Bento Freitas.

O jogo

Contando com o apoio da torcida, o Brasil de Pelotas precisou de apenas 40 segundos para levar perigo ao gol do Sampaio Corrêa, contando com a contribuição da defesa tricolor. Após cruzamento de Eder Sciola, Andrey saiu do gol para fazer a defesa, mas soltou a bola em cima de Michel, que quase abriu o placar para o Xavante. A resposta do Sampaio também veio através de uma falha defensiva aos sete minutos: após lambança de Héverton e Leandro Leite, Diego Silva ficou com a bola e serviu Carlão, que chutou forte, para grande defesa de Marcelo Pitol. Na sobra, Alyson bateu por cobertura, e a bola passou perto do gol.

Sem se intimidar com a pressão do Bento Freitas, o Sampaio Corrêa abriu o placar aos 16 minutos. Após cobrança de falta de Bruno Moura, o zagueiro Fredson subiu sozinho e cabeceou firme, no canto esquerdo de Marcelo Pitol. Mesmo com a vantagem, o Bolivão manteve o pique e quase fez o segundo gol aos 20: Alyson avançou pela esquerda, tentou o passe para Bruninho, e Leandro Leite evitou a conclusão do atacante tricolor. Depois disso, o Brasil voltou ao ataque e marcou o gol de empate aos 28, mas a arbitragem assinalou impedimento de Lourency.

Com dificuldades para furar a defesa do Sampaio Corrêa na base do toque de bola e das infiltrações, o Brasil de Pelotas investiu nas jogadas pelo alto. Após cobrança de falta de Itaqui, aos 41 minutos, Wellinton Júnior desviou de cabeça e quase deixou tudo igual no Bento Freitas. Bem posicionado e tranquilo em campo, o Sampaio aproveitou mais um erro da defesa xavante para ampliar o placar aos 45 minutos: livre na ponta direita, Bruninho fez o cruzamento para a grande área, Héverton tentou o desvio, mas marcou um gol contra.

Brasil desconta, mas Sampaio se segura

Vaiado pelo torcedor no intervalo, o Brasil de Pelotas tentou pressionar o Sampaio Corrêa no início do segundo tempo. Aos sete minutos, Itaqui cobrou falta, e a bola tirou tinta do ângulo direito de Andrey. Enquanto o Sampaio ainda tentava se organizar, o Xavante teve sua insistência premiada: aos 16, após cobrança de escanteio de Itaqui, Eder Sciola subiu mais que a defesa tricolor, desviou de cabeça e acertou o ângulo.

Animado com o gol, o Brasil de Pelotas intensificou a pressão no campo de ataque, mas o Sampaio Corrêa, bem posicionado, afastava boa parte das tentativas dos donos da casa. Em uma das raras chances do Xavante, aos 35, Itaqui cobrou falta na grande área e a bola sobrou para Valdemir, que ficou cara a cara com Andrey e chutou mal, para fora. Nos minutos finais, o Sampaio apenas administrou a posse de bola e esperou o apito final para comemorar a grande vitória em Pelotas.

FICHA TÉCNICA

BRASIL DE PELOTAS: Marcelo Pitol; Eder Sciola, Rafael Vitor, Héverton e Bruno Collaço; Leandro Leite, Toty, Itaqui e Lourency (Valdemir); Welinton Junior (Kaio) e Michel (Luiz Eduardo). Treinador: Clemer

SAMPAIO CORRÊA: Andrey; Bruno Moura, Fredson, Maracás e Alyson; Willian Oliveira, Diego Silva, Fernando Sobral e João Paulo (Silva); Bruninho (Wellington Rato) e Carlão (Alvinho). Treinador: Roberto Fonseca

Fonte: Imirante

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!