31 de janeiro de 2018

Flávio Dino abandona escola "DIGNA", e representantes ameaçam greve

Os servidores, alunos, pais de alunos e demais envolvidos na Escola Estadual José de Matos (Antigo Marco Maciel), organizaram e participaram de uma Assembleia, onde decidirão pele protesto.
Às aulas vinha acontecendo de forma extremamente improvisada no Colégio Maria Carlos (Militar), onde apenas um espaço que, por sua vez já era ocupado pelos alunos da referida, teve que refugiar uma demanda enorme dos alunos.

No dia 05 de Outubro 2017, o teto da Escola Estadual José de Matos veio literalmente abaixo, em pleno horário de funcionamento. Felizmente, e por um milagre, os alunos haviam adentrado a pouco nas salas de aula, o que evitou quaisquer incidentes, somente dano ao prédio.

Veja uma frase da nota emitida pelo, governo do Estado:

"Iniciar imediatamente os trabalhos de recuperação emergencial da estrutura e, devido ao ocorrido, antecipar a obra que estava prevista para o fim do ano letivo."


Dos dois, um: O ano não terminou ainda, para o governador, ou a reforma pegou a BR 135, e vem andando a ritmo de Jabuti. Pois, passados quase 4 meses, o início das aulas batendo à porta, (coincidentemente dia 05 de fevereiro 2018), e mais uma vez funcionaria de forma improvisada. um vereador do município, do PCdoB, acompanhado de um aliado de Flavio Dino, protocolaram um ofício solicitando à reforma da escola, nem assim, o governo se sensibilizou.

Os representante reunidos hoje (30), bateram o pé e resolveram protestar contra a falta de compromisso do Governo do Estado, com os profissionais da educação, pais, alunos e toda à comunidade olhodaguense.
Em meio a ineficiência e irresponsabilidade do governo comunista de Flavio Dino (PCdoB), vale frisar e elogiar a público, à sensatez e boa vontade do Secretário de Educação MUNICIPAL Mário Sérgio e do prefeito Rodrigo Oliveira (PDT), em acolher os referidos alunos nas escolas MUNICIPAIS.

Populares tem usado de forma ordeira, às redes sociais, para protestar e expor o "DESLEIXO" e ABANDONO, do Governo do Estado do Maranhão, com a cidade de Olho d'Água das Cunhãs, sua história e suas gente.

Enquanto a mídia governista prega o Programa "Escola Digna", os alunos, pais e profissionais olhodaguenses, seguem sem usufruir dessa "TAL DIGNIDADE", exposta nos meios de comunicação. 

Veja no link abaixo, à matéria da época e a nota do governo sobre à "reforma":

Clique aqui!
Veja aqui, outra matéria!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!