16 de julho de 2017

Internautas dizem que senador Roberto Rocha é a vergonha do Maranhão

Do Blog do Gilberto Lima

Pegou muito mal entre os internautas o vídeo que o senador Roberto Rocha (PSB) postou em uma rede social do momento em que vota a favor da impopular Reforma Trabalhista proposta pelo governo Michel Temer (PMDB), que acabou sendo aprovada pelo Senado Federal e já foi sancionada pelo presidente. A Lei que altera a legislação trabalhista, publicada nesta sexta-feira (14) no Diário Oficial da União, prevê a retirada de pelo menos cem direitos dos trabalhadores. O voto de Rocha foi um duro golpe contra os trabalhadores do Maranhão, mas não passou despercebido pelos maranhenses, que reagiram a “traição” do parlamentar contra o povo do seu estado.

“Tu é uma vergonha cara. Joguei meu voto na lama. Tu não merece representar o Maranhão”, reclamou Marcello Ramos em comentário na fanpage oficial do parlamentar no Facebook.

“Devia tomar vergonha na cara. Traiu os trabalhadores e a ainda tem a cara de pau de postar isso aqui”, questionou indignado o internauta João de Siguinez.

“Meu voto foi perdido. Me arrependo amargamente em ter votado em você senador. Você é uma vergonha para o Maranhão”, reclamou Karool Saraiva.

O apoio fiel a gestão Temer pode custar caro para Roberto Rocha, que pretende disputar o governo do Estado nas eleições de 2018. Alguns internautas já sinalizaram que não votam mais no parlamentar nas próximas eleições.

“Vergonha para o Maranhão. Nunca mais tu vai ver o meu voto”, avisou Samuell Barbosa.

Caro senador, não esquecerei seu rosto e seu número de voto na urna. Pode contar comigo para sua NÃO eleição em 2018.

Baixa popularidade

Roberto Rocha, que disse em entrevista logo após ter sido eleito senador em 2014 que “mostraria aos maranhenses para que serve um senador”, vem dando amostras a população do Maranhão justamente do oposto, do que um parlamentar ‘não’ deve fazer pelo estado.

Além de votar a favor da regressiva Reforma Trabalhista do denunciado presidente Temer, Rocha simplesmente ignorou o prazo do Senado para apresentação de emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Ele e o senador “Carcará” João Alberto (PMDB) desprezaram o tema.

É por meio dessa lei que o governo federal define as prioridades orçamentárias para o ano seguinte. Sem a assinatura de Rocha, o Maranhão pode acabar perdendo investimentos federais que poderiam ser destinados ao estado. A única bancada estadual que não apresentou emendas foi a maranhense.

A ausência de emendas de Rocha, que penalizou o Maranhão, pode ter sido estratégica. O objetivo: dificultar a chegada de investimentos federais ao Maranhão durante a gestão Dino.

Rocha segue com baixa popularidade entre o eleitorado maranhense. Segundo as últimas pesquisa, apenas 6% dos eleitores votariam nele para governador.

O senador Roberto Rocha (PSB), só se elegeu graças a banguela que pegou na alta popularidade do comunista nas eleições de 2014. Atualmente, nem mesmo o atual governador, terá prestígio para conseguir a reeleição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!