29 de março de 2017

SBT, Rede TV e Record saíram da programação da TV por assinatura

Por: João Gabriel Filho - 29/03/2017

A empresa Simba Content, responsável pelos direitos de transmissão dos canais SBT, Rede TV e Rede Record, bateu o pé contra às empresas de TV por assinatura e as respectivas emissoras ameaçam deixar de transmitir suas programações nas grades particulares.

Os três canais juntos, detém grande parte da audiência na TV aberta do Brasil.

Às emissoras reclamam por não receberem nenhum repasse para exibir seus conteúdos, enquanto alguns canais brasileiros e vários internacionais, recebem altos valores para ceder o sinal. O consórcio formado pelas reclamantes passaram a exibir nos intervalos, informações sobre o assunto aos seus telespectadores, assim como informar da possível saída das empresas, Sky, Claro TV, Oi TV, Vivo TV, NET e Embratel, além da "campanha" a favor, artistas e apresentadores do SBT, Rede TV e Record, criticaram às empresas.

Os assinantes poderão recorrer às operadoras de TV, para que estas mantenham os canais, por fazerem parte dos pacotes vendidos. Segundo especialistas, ao deixar de transmitir os canais, às empresas quebram o contrato firmado, causando danos e perdas aos clientes. Às empresas de TV fechadas, não faziam distinção entre os reclamantes e demais canais, ao vender os pacotes. Agora alegam que não cobravam pelos canais. Somente a Oi TV oferecia desde o início de suas atividades, o pacote "Oi Livre" que oferece 32 canais grátis, entre eles, SBT, Rede TV e Record, todas em HD.

O assunto, já vinha sendo discutido nos bastidores, mas nos últimos dias, se ampliou, em razão da negativa das empresas em firmar um acordo de remuneração dos três canais.

Quem recebe o sinal do SBT, Rede TV e Record na TV aberta, não sofrerá nenhum impacto. Somente os assinantes de TV paga, serão supostamente lesados.

A TV analógica deixa de operar em São Paulo e algumas cidades, hoje (29). Nas demais partes do país, será desligado gradativamente. A TV digital com melhor qualidade de som e imagem, já funciona em boa parte.

Nos resta, saber quem vencerá à briga de titãs, que envolve o grupo Simba Content (SBT, Rede TV e Record) e às operadoras de TV por assinatura (Sky, Claro TV, Oi TV, Vivo TV, NET e Embratel).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!