24 de setembro de 2016

Prefeito de Mirinzal compra e cobra votos de eleitor literalmente no "bofete"

Prefeito Amaury agrediu o eleitor (de camisa amarela)
O prefeito de Mirinzal, Amaury Almeida, que suspeito de envolvimento com agiotas, se acha dono da cidade e trata seu eleitores como cachorros e aqueles que não votam nele, o castigo é tapa na cara. Assim aconteceu ontem (23), no início da tarde, e teve como vítima o comerciante Ednaldo Lemos Abreu. A infeliz e triste postura do gestor, foi filmada num celular. 

O agressor se deslocou ao Bairro do Tungo, onde cobrou de Ednaldo à devolução de R$ 1 mil reais, que supostamente havia comprado o voto do comerciante e de sua família.

O acerto teria sido feito em R$ 3 mil, mas o prefeito teria dado menos da metade, o que fez o comerciante avisar que não votaria mais nele.

Irritado, o gestor metido a casqueiro levou jagunços em seu carro e partiu para a cobrança, chamando o comerciante de nomes impublicáveis e ainda desferiu um tapa no rosto da vítima e o ameaçou de morte. O caso foi imediatamente registrado na delegacia da cidade, local que o prefeito também se diz ser o dono.

Clique aqui e veja o vídeo no momento da agressão:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!