26 de julho de 2016

PT de Olho d'Água deve ficar com o prefeito Rodrigo Oliveira (PDT)

Em reunião na tarde de ontem (26) com Rodrigo Oliveira (PDT), membros do Diretório Municipal do PT (Partido dos Trabalhadores) de Olho d'Água das Cunhãs-MA, acenaram positivamente ao projeto de reeleição do prefeito.

O presidente da legenda, Celso do PT, acompanhado de Chico do Caboquinho e do candidato a prefeito pelo PT nas eleições 2012, Professor Nonato e ainda deste companheiro, que vos fala, que também é filiado, tiveram uma conversa, onde ouviram o gestor sobre projetos futuros, para o progresso do município.

A reunião aconteceu na residencia do empresário Pedro Bringel, que atualmente é filiado ao PSDC, partido presidido pelo irmão Edvan Bringel. Pedro, sinalizou à pretensão de voltar ao partido do ex-presidente Lula, ao qual é admirador e militou por diversos anos.  

Rodrigo falou serenamente sobre os desafios que virão numa possível reeleição, já que é pre-candidato ao cargo de prefeito e especialmente sobre a colaboração, que os novos aliados darão.

Os petistas foram unanimes em afirmar, que o trabalho desenvolvido pelo gestor em todo município, inviabiliza qualquer pensamento de candidatura própria no PT.

"É impossível deixar de reconhecer os avanços dessa gestão, voto nele pelo trabalho", disse, Professor Nonato se referindo ao prefeito.

Segundo o presidente Celso do PT, a decisão fora amadurecida de forma amigável dentro do grupo e com às benção das lideranças do partido. A legenda deve lançar um candidato ao cargo de vereador na coligação.

Com isso, cresce o leque de partidos, que apoiaram à pré-candidatura de Rodrigo Oliveira (PDT), na convenção que acontecerá no próximo dia 31 (Domingo), na sede da AABB de Olho d'Água das Cunhãs-MA.

Um comentário:

  1. Boa noite, senhores e senhoras!
    Quero aproveitar essa oportunidade para prestar um esclarecimento. A referida reunião deu-se para que fosse decidido o rumo que o Partido dos trabalhadores deveria tomar. O que ficou decidido pela maioria é que o partido vai firmar uma coligação com a base do prefeito. De minha parte deixei livre o encaminhamento do compromisso decidido pela maioria, mas deixei claro a todos que não pretendo continuar fazendo política partidária. Portanto me resguardo a apenas exercer o meu direito de eleitor. Sendo assim, não estou dando apoio político a ninguém.
    Atenciosamente,
    Prof. Nonato

    ResponderExcluir

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!