21 de janeiro de 2016

Dois brasileiros foram assassinados no garimpo "Alipossan" no Suriname

De acordo com informações preliminares, um duplo assassinato aconteceu no garimpo do “Alipossan” na manhã desta quarta-feira, 20 de janeiro.

Populares que estavam no local do crime, informaram à redação do jornal LPM NEWS, que o crime foi motivado por uma desavença entre um casal na localidade conhecida como “Currutela da Claudia” no garimpo do “Alipossan” no Suriname.

A brasileira, Auricélia Andrade, de 26 anos de idade, natural do município de Campestre do Maranhão, foi morta por volta de 11 horas da manhã, com dois tiros disparados supostamente pelo seu ex-namorado conhecido na área como “Marquinho”, que trabalha como mecânico na região. Segundo informações confirmadas por conhecidos da vítima, Auricélia estava separada do homem, há 08 meses e voltou para o garimpo no dia anterior a sua morte.

A brasileira voltou para o mesmo garimpo de onde saiu escondida depois de ter sofrido ameaças, provavelmente do ex-namorado, que ao reencontra-la disse que se ela não fosse embora, a mataria.

Na noite anterior, ao crime, a ex-companheira foi agredida pelo acusado que a ameaçou de morte caso ela não fosse embora do local e pela manhã como a vítima se recusava a sair da área foi assassinada com dois tiros de arma de fogo e outro brasileiro conhecido como “Antonio” que tentou socorrer a vítima também foi baleado pelo acusado e morreu no local.

O suspeito está foragido, mas a polícia já tomou conhecimento das mortes e está investigando o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!