16 de maio de 2015

O que rolou na Sessão da Câmara Municipal de Lago Verde-MA

A cidade de Lago Verde, interior do Maranhão, amanheceu na última Sexta-feira, (15), apreensiva, com a instalação de uma suposta CPI contra o mandato do estão prefeito Raimundo Almeida (PP).  A notícia divulgada pelo blogueiro Luíz Carlos, gerou grande expectativa por parte dos populares, que em grande numero, participaram da sessão na Câmara Municipal de Vereadores, para acompanhar o desenrolar dessa história.

O Presidente da Câmara de Lago Verde, Jackson Lima (PSB) de fato, “ensaiou” uma possível instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) contra o prefeito, contudo, não divulgou o motivo da investigação de forma precisa. Em seu discurso, em que tentou justiçar o ato, Jackson Lima aparentou insegurança total, quanto às denuncias, com a expressão “talvez”, o presidente do legislativo, Jackson Lima, tentou passar para os vereadores presentes na sessão de hoje, que haveria alguma irregularidade na gestão municipal.

Com a maioria dos vereadores no plenário, o presidente do legislativo abriu a sessão, que mesmo alardeada como uma possível sessão turbulenta seguiu tranquila, mais claro, sem perder o ar de festa.

No embate, destacou-se o vereador Burrego-PP, que em tom firme, criticou a postura do presidente do legislativo municipal, acusando-o de está protagonizando o velho truque do tapetão, usado em 2009, referindo-se ao  ex-presidente Marlon Costa, que na época, arquitetou e  afastou por 06 meses o atual prefeito, no que levou todo o município a sofrer sérios prejuízos.

Em uma tímida defesa ao presidente daquela casa, teve vereador que deixou  escapar que não se tratava de cassação ou coisa parecida, e sim da busca de esclarecimentos quanto a os direitos dos lagoverdenses, em especial dos professores. Os demais resumiram sua postura de forma coerente, alertando para os cuidados que aquela casa deveria tomar, enfatizando a defesa do povo e os direitos constitucionais de cada cidadão lagoverdense.

O que se pode observar, é que os vereadores desta legislatura então mais vivos, mais ativos e que não aceitariam servir-se de bandeja como massa de manobra, com independência estão exercendo suas funções, sem se deixar levar pelas emoções, que em casos poderia levar mais uma vez a câmara de vereadores de Lago Verde a o expurgo da opinião publica, como aconteceu na legislatura passada.

Em conversa com o blog Lago em Foco, o Prefeito Raimundo Almeida disse está tranquilo, que acredita no bom senso daquela casa, que sua administração é transparente e que em nenhum momento deixou de prestar as devidas informações ao poder legislativo municipal, tanto ele como toda sua equipe de governo está com a consciência limpa, e que a frente do governo municipal, continuará trabalhando pelos lagoverdenses, e que sairá desse seu segundo mandato no final de 2016 com a cabeça erguida.

Na próxima sexta dia 22, está prevista mais uma sessão na Câmara Municipal de Lago Verde, e ao que parece, mais um capitulo dessa novela. Continuaremos ligados!

Do blog Lago em Foco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!