24 de março de 2015

Alunos do Povoado Teteu enfrentam lamaçal pra chegar à escola

Alunos da rede municipal, residentes no Povoado Teteu (Olho d’Água das Cunhãs-MA) desde o início do inverno veem enfrentando problemas pra chegar à escola.
Nossa reportagem flagrou um grupo de meninos e meninas enlameados, brigando para conseguir chegar à BR 316 (Povoado Taboca), pegar o ônibus e seguir para estudar em Olho d’Água das Cunhãs-MA.

Segundo depoimento dos jovens, a dificuldade é motivação para evasão escolar no povoamento, onde afirmaram ter muitos que desistiram de ir à escola.

A estrada é um cruel obstáculo, que fica intrafegável no decorrer dos 5 Km que separam o Povoado Tetel da BR 316. Nas bicicletas usadas para tentar encurtar a distancia, ficam as marcas da precariedade da vicinal, que deixou de receber atenção da prefeitura de Olho d’Água.

Praticamente isolados, os alunos se arriscam nas ladeiras lisas, buracos no caminho e trilhas escorregadias, que se apresentam como armadilhas para os pequenos.

Um dos jovens ouvidos pelo Mearim Net pediu encarecidamente que o gestor tome providencias, pois, as más condições da estrada, já o haviam feito desistir da escola. Felizmente mesmo revoltado, reconhece à importância de buscar conhecimentos, e disse correr atrás dos seus sonhos.

Lamentamos a falta de melhorias na estrada vicinal por falta de compromisso da atual gestão, o que obviamente impede inúmeras crianças de chegaram à escola ou afeta diretamente o desempenho dos poucos que lutam pra chegar.

Pedimos atenção do prefeito, secretário de Obras ou do Ministério Público para que tome as providencias cabíveis no tocante à situação dos alunos da citada localidade, pois, trata-se de um caso sério, que deve receber solução imediata.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!