17 de novembro de 2014

Criança de 8 anos morre após lua de mel com homem de 40

O caso da morte da menina chamada Rawan, do Iêmen, que se casou com um homem de 40 anos, ou seja, 32 anos mais velho que ela, obrigada por seu próprio padrasto por uma quantia de R$6 mil reais, morre no dia 7 de setembro, com ferimentos graves na parte interna do útero, após ter relações com seu marido. Se é que é possível chamar ele de marido da menina. E após este caso horrivel, foi solicitado por alguns parlamentares do Islã, que a menor idade para meninas se casarem é de 18 anos, tentando tornar a lei impune, por uma lei justa para todos os cidadãos. Todos os homens que cometerem este tipo de assédio e loucura, devem ser punidos severamente. 

Ativistas de direitos humanos do Islã e de todas as partes do mundo pressionam para que a lei seja implementada o quanto antes e para que a família da menina seja responsabilizada pela morte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!