24 de outubro de 2014

Mearim Net flagra nascimento de filhote de jegue (Jumento)

Nossa equipe se dirigia à zona rural de Olho d’Água das Cunhãs-MA, no início da manhã de hoje (23) quando se deparou com uma cena rara e inusitada. O nascimento de um filhote de jegue (Jumento) que acontecia na estrada vicinal, aproximadamente a 02 Km do nosso destino.

Algumas comunidades utilizam os animais como meio de transporte de cargas e produtos, como: Babaçu, talo de coco, palhas de babaçu, alimentos e muitos outros.
Ao avistar a cena de longe, paramos nosso veículo numa distância que não pudesse interromper o trabalho de parto e cuidados do animal com o recém-nascido. Procurei fotografar de ângulos diferentes, mas não deixei de observar a transmissão de afeto entre mãe e filha, dedicação e perícia de quem mostrava experiências anteriores.

Embora sabendo, que alguns leitores possam entender de forma equivocada devido à falta de sensibilidade, resolvemos expor à publicação em respeito aos nossos seguidores, daqui e principalmente conterrâneos que vivem em terras distantes e distintas, onde cenas como estas, não acontecem.

Dedico A matéria especialmente aos olhodaguenses e leitores do blog Eliel Rego em Divinópolis do TO e karlene Matos em Paraupebas-PA, que ao ver as imagens não segurou a emoção. Dedico ainda, aos que partiram rumo ao desconhecido e esqueceram suas origens.

Vale lembrar, que os animais (Jegues) abundantes e desprezados no Maranhão, são escassos e desconhecidos até por adultos em vários estados, como no vizinho Tocantins.

Ao mostrar o fato inédito para muitos, chamamos à atenção das pessoas, quanto a importantes e sublimes momentos, que geralmente passam despercebidos, tamanha à nossa correria e preocupação num mundo capitalista e descompromissado com às verdadeiras dádivas divinas.

Veja abaixo todas as fotos:



















Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!