12 de setembro de 2014

Maranhense teve aumento abusivo na conta de energia

O Maranhão recebeu aumento na conta de luz maior que o de Brasília. Enquanto o governo federal autorizou aumento de 18,88% para a capital federal, que tem a maior renda per capta do Brasil, o Maranhão, com a segunda pior remda per capta do Brasil, teve aumento de 24,12%. A área de energia no Brasil é comandada pelo maranhense Edison Lobão, no Ministério de Minas e Energia pai do Lobão Filho candidato a governador no estado.

Nem mesmo o período eleitoral, onde os políticos demonstram "carinho" pelo eleitor foi suficiente para barrar o reajuste é válido para todos os 217 municípios maranhenses já a desde 28/08/2014.

A autorização para o reajuste de energia foi dado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) à Companhia Energética do Maranhão (Cemar).  A Cemar foi privatizada em 2000, sob comando da governadora Roseana. Recentemente, membros do governo Roseana defenderam a privatização também da Caema, estatal responsável pelo abastecimento de água no Maranhão.

Veja abaixo o reajuste já em prática nas contas do maranhense:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!