18 de setembro de 2014

Eymael diz que no segundo turno ficará na oposição e por mudanças

José Maria Eymael (PSDC) candidato à Presidência da República
O candidato do PSDC à Presidência da República, Eymael, afirmou, em Teresina, onde fez campanha eleitoral, que seu foco é vencer as eleições, mas no segundo turno deverá ficar na oposição e por mudanças.

"Há muito tempo que eu aprendi que lutar é ter foco. O nosso foco é um só, chegar no segundo turno. Se, eventualmente, a gente não chegar é uma questão de olhar para a frente. O que vejo é necessidade de mudança, essa necessidade é clara e por isso sou candidato à Presidência da República", declarou o candidato do PSDC.

Eymael afirmou que em sua viagem pelo país tem encontrado um Brasil desigual com regiões abandonadas e esquecidas secularmente pelo país, entre elas o Norte e o Nordeste.

"Também encontramos uma vontade de mudar no Brasil inteiro. Esta é a sensação de mudança pelo país inteiro, todos querem encontrar outro caminho, outro rumo", declarou Eymael. Ele diz que não faz críticas, mas ao país que nós temos.

"Temos violência dia e noite, as drogas e as armas matando os nossos jovens. Políticas públicas ausentes e desumanas, pacientes em macas, exames e consultas com prazos a perder de vítima, penitenciárias sem reabilitar os criminosos, o que é uma falta de inteligência da sociedade porque o detento volta", declarou Eymael.

Fonte: Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!