4 de abril de 2014

Sem policiamento, população faz justiça com as próprias mãos

Do blog do Sérgio Mathias

Uma foto publicada pelo jornalista Gilberto Lima é o retrato da insegurança que tomou conta das ruas da capital e das cidades do interior maranhense. Um acusado de assalto escapou por pouco do linchamento no bairro Monte Castelo, na tarde desta quinta-feira (3). Ele teria assaltado uma senhora nas proximidades da Igreja da Conceição, sendo perseguido por algumas pessoas. Ele foi alcançado e dominado nas proximidades da Clínica Luíza Coelho. Quando começou a apanhar, houve a intervenção de dois motociclistas para evitar o linchamento. Já dominado, colocaram uma corda no pescoço da vítima até a chegada de uma viatura da PM.

Outro assaltante acaba de ser linchado nas proximidades do Terminal de Integração/Cohab. A vítima teria tomado o celular de uma jovem na lateral do Terminal. Foi perseguido, dominado e linchado por dezenas de pessoas. O corpo está estirado na Avenida Jerônimo de Albuquerque provocando engarrafamento no sentido elevado da Cohab/Retorno da Forquilha. Até o momento, nenhuma viatura da PM chegou ao local. É grande o número de curiosos. A vítima está sem identificação. A informação foi passada ao blog por um taxista que disse que populares deram muitas pedradas na cabeça do acusado.

"Ele está imóvel, com os olhos arregalados, sem apresentar sinais vitais", disse o taxista.

Enquanto os PM's continuam de braços cruzados reivindicando melhorias e direitos. O povo está sem ter a quem recorrer, a mercê da bandidagem e agindo com as próprias mãos. Já o governo, percorre o estado em busca de apoio político, como se nada tivesse a ver. 

Isso é o "Maranhão"!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!