23 de abril de 2014

Menor que aterrorizava bacabal e matou jogador é morto pela polícia

Do blog do Sérgio Mathias

"Galego" estava em liberdade, após ter cumprido pena na unidade de recuperação para menores na capital do Estado, após assassinar na madrugada do último dia 20 de janeiro, o jovem Gledyson Gomes Vieira, 19 anos, que no momento em que foi morto, estava sentado na porta da sua casa e conversava com um amigo quando Galego passou numa bicicleta. Ao ouvir os jovens conversando, Galego retornou e perguntou se falavam da sua pessoa. Os mesmos responderam que não. Mesmo assim, friamente, atirou mortalmente na cabeça de Gladyson que veio a óbito. Gladyson, não tinha passagem na Delegacia e tinha contrato com o time do Mogi-Mirim de São Paulo.

Segundo informações do pai de Gladyson, Galego vinha mandando mensagens e o ameaçando de morte e que o mataria até o final de semana.

Ao perceberem a presença da polícia, Galego e Chuta Lata reagiram contra as guarnições, que revidaram, sendo os mesmos alvejados, vindo a óbito. Em poder dos mesmos a polícia apreendeu dois revólveres, calibre 38 e várias munições.

Galego, sempre andou armado e apesar de jovem, sempre impunha  respeito no meio em que convivia, sendo considerado de alta periculosidade, até mesmo pelos seus comparsas que o temiam.. Apreendido algumas vezes, sempre que em liberdade voltava a cometer delitos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!