19 de março de 2014

Tarado se passa por Miss em rede social para conseguir fotos íntimas

A imagem da Miss Minas Gerais 2013, Janaína Barcelos, foi usada por um impostor para conseguiu fotos íntimas de mulheres através de um perfil "Fake" no Facebook. A pessoa por trás do perfil pedia que as mulheres ficassem nuas em frente à webcam, ou que mandassem fotos para participar de uma seleção de modelos.

Isso me assutou porque eu tenho fãs crianças, adolescentes e jovens. A pessoa estava inventando que eu estava selecionando meninas para catálogo e pedindo fotos de calcinha e sutiã. O negócio ficou feio, porque não é normal isso acontecer.

A miss descobriu o perfil depois que o fake começou a pedir que os amigos de Janaína deletassem a página antiga e adicionassem a nova. A jornalista, Graziele Raposo, amiga da miss, foi uma das vítimas. Conversando com o perfil falso, ela recebeu um pedido.

Essa suposta Janaína Barcelos escreveu assim "faz o seguinte: manda fotos de você de corpo de calcinha e sutiã, e depois mostrando o bumbum, os peitos de fora e encarando a câmera.

Rapidamente a jornalista ligou para a miss e descobriu o esquema.

A delegada da Delegacia Especializada de Investigações de Crimes Cibernéticos, Paloma Boson, informa que é possível identificar o criminoso e dá uma dica de como se proteger.

Sempre desconfiar quando a pessoa te pede fotos sensuais, íntimas, com partes genitais à mostra, com cenas de sexo ou pornográficas.

Crimes online

O número de crimes cibernéticos aumentou aproximadamente 64% de 2012 para 2013. Há dois anos foram registadas 762 ocorrências na Delegacia Especializada de Investigações de Crimes Cibernéticos, já no ano passado foram 1.247. A maioria dos crimes praticados via mensagem de celular ou internet são de estelionato, difamação e ameaça.

Fonte: R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!