13 de fevereiro de 2014

Deputado maranhense critica "colega" que hostilizou o Maranhão

Deputado estadual Othelino Neto (PCdoB-MA)
Do blog do Jorge Aragão

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) criticou, na sessão desta quarta-feira (12), declaração do deputado federal Jair Bolsonaro (PP – RJ), dando conta que “a única coisa boa do Maranhão seria Pedrinhas”. O parlamentar maranhense classificou a afirmação de “infeliz e estapafúrdia” e saiu em defesa do Estado.

“Em meio a protestos pela possibilidade de ele presidir a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal, dentre outras besteiras e loucuras, que são costumeiramente ditas por esse deputado, ele afirmou que a única coisa boa que tem no Maranhão é a Penitenciária de Pedrinhas”, lamentou Othelino na tribuna.

Othelino Neto disse que o Maranhão tem muitas belezas e muita coisa boa, que não é a Penitenciária de Pedrinhas. Para ele, na Câmara Federal há bons e péssimos deputados e Bolsonaro, por exemplo, é o exemplo de um péssimo parlamentar, preconceituoso, que não deveria nem estar ali como representante do povo, quanto mais pleiteando presidir a Comissão de Direitos Humanos.

“O Maranhão tem coisa muito melhor. Tem uma gente boa, respeitadora, trabalhadora, um Estado bonito com recursos naturais abundantes, mas infelizmente empobrecido pelo modelo político imposto há 50 anos. Ainda assim, é um Estado que tem diversas belezas e uma população muito alegre, respeitadora e que certamente buscará melhores dias”, comentou o deputado.

Lamentável – Segundo Othelino, Bolsonaro quis dizer que tudo que está acontecendo, toda aquela situação da barbárie que se instalou na Penitenciária de Pedrinhas, aquilo deve ser assim mesmo como se fosse aplicação, na prática, da pena de morte a ser decidida pelos próprios presos que lá estão.

“Eu quero fazer, de forma muito objetiva, um protesto com relação a essa declaração infeliz do deputado que é, na verdade, uma covardia, uma boçalidade com o povo do Maranhão, mas partindo de Bolsonaro já é até algo natural”, disse Othelino.

Segundo Othelino, a declaração estapafúrdia de Bolsonaro não poderia passar despercebida pela Assembleia Legislativa do Maranhão. Para o deputado, a Casa precisa se posicionar e protestar contra mais uma besteira dita por um parlamentar que jamais deveria ser representante do povo brasileiro. “Deveria estar, na verdade, fazendo uma análise para se livrar desses preconceitos que o atormentam todos os dias”, frisou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!