12 de novembro de 2013

Manifestantes insistem na paralisação do trafego na BR 316

Interditada desde a tarde de Sábado (09) após um acidente fatal com uma criança de oito anos, os moradores do Povoado Zé Chicão (Olho d’Água das Cunhãs-MA) persistem com a manifestação, que interrompe o trafego na rodovia federal BR 316, que liga o norte ao nordeste do Brasil.

Os manifestantes reivindicam a construção de três “Quebra molas” no perímetro urbano, sendo dois na BR 316 e um na MA-008, rodovia estadual que se liga a BR no povoado.

Os três dias de paralisação na estrada, tem tirado a paciência dos motoristas e moradores, que aguardavam a presença de representantes do DNIT para solicitar os quebra molas e desobstruir a rodovia, que tem somado grandes prejuízos a empresas, comércios, caminhoneiros e demais motoristas.

Um início de tumulto entre moradores e caminhoneiros foi contido por agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal), que acompanharam todo o movimento.


No final da tarde, três funcionários do DNIT chegaram ao Povoado Zé Chicão, no intuito de liberar o trafego, que totaliza aproximadamente 10 Km de veículos parados, no sentido Bacabal e Santa Inês-MA.
Segundo informaram a nossa reportagem, alguns lideres do movimento, a barreira de contenção, só seria retirada após a construção das lombadas, caso contrário o bloqueio na rodovia seguiria por tempo indeterminado.


Os moradores locais receberam o reforço de vários povoados vizinhos e pelo jeito os mesmos, estão dispostos a permanecerem com o bloqueio a qualquer custo, caso não sejam atendidas suas reivindicações.


Somente casos de emergência, como ambulâncias, carros de funerárias, entre outros estão autorizados a passar no local.
Autoridades policiais acompanham de perto e temem algum confronto ente as partes, caso um acordo se prolongue.

Até o fechamento desta matéria, mesmo com a chegada do DNIT, não fomos informados do desbloqueio da rodovia.


Aguarde novas informações...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!