10 de julho de 2013

Preso ex-vereador de Paulo Ramos que matou a esposa do pai

Ex-vereador Welson Lopes (Foto PM-MA)
A fuga do ex-vereador da cidade de Paulo Ramos, Welson Lopes de Andrade, 38 anos, acabou na tarde dessa quarta-feira (10). Foragido desde que assassinou a sangue frio Rosilene Feitosa Rodrigues, dona de casa que vivia maritalmente com seu pai, Welson foi detido, por volta das 3 e meia da tarde, quando trafegava em um Cross Fox, cor preta, na BR-316, próximo ao Sítio Novo.

O ex-vereador estava vindo de Teresina em companhia da esposa e duas filhas e seguia para a cidade onde aconteceu o crime. Lá deixaria os familiares e retornaria logo em seguida para a capital piauiense.

Como aos policiais ele primeiramente apresentou documentos de uma outra pessoa, foi levado para Quartel do 15º Batalhão de Bacabal. Ao ser interrogado Uelson acabou confessando sua verdadeira identidade.

Preso, o ex-vereador foi encaminhado a Delegacia do 1º Distrito Policial onde permanece até o momento.
A vítima Rosilene Feitosa

O crime que chocou a região ocorreu no dia 27 de fevereiro de 2012, portanto, há mais de um ano. O motivo a principio seria o relacionamento que a vítima mantinha com o pai do autor.

Mais detalhes

De acordo com informações que foram repassadas ao 15º BPM a vítima tinha uma união estável e três filhos com Nelson Freire de Andrade, pai de Welson e o que teria motivado o crime seriam desentendimentos familiares, uma vez que o vereador não aceitava o relacionamento do pai com Rosilene. Ainda de acordo com testemunhas, o vereador teria ido, no início da manhã, antes do crime, à fazenda do pai, onde tiveram uma discussão. Em seguida, teria se deslocado à casa da vítima. Chegando lá, encontrou com o filho de Rosilene na sala, um adolescente de apenas 12 anos (irmão de Welson por parte de pai) e pediu para que chamasse a mulher. Assim que Rosilene chegou, o vereador disparou com um revólver calibre 38, na frente do irmão, um único tiro que acertou a testa da mulher de seu pai, que teve morte instantânea.

Após o crime Welson fugiu tomando rumo ignorado. Como não foi possível a sua prisão em flagrante, o Dr. Aureliano Coelho Ferreira, Juiz de Direito da Comarca de Paulo Ramos – MA, decretou a sua prisão preventiva em 29 de março de 2012. Segundo relatos do acusado, atualmente residia na cidade de São Luis. O Serviço de Inteligência da PM apurou que Welson estaria  vindo de Teresina – PI, juntamente com a mulher e filhos. Que deixaria a sua família na cidade de Lago da Pedra – MA e retornaria para a capital maranhense. Que já fez a mesma rota anteriormente.

No momento da abordagem Welson negou a sua identidade, mostrando a Carteira de Habilitação de seu irmão Wanderson Lopes de Andrade, pois temia ser preso a qualquer momento. Após algumas arguições admitiu não ser Wanderson e confessou a autoria do crime. O acusado foi levado a 16ª Delegacia Regional de Bacabal e se encontra a disposição da Justiça.

Um comentário:

  1. Crime como este acontece todos os dias por este país a fora; e
    dificil até pra se fazer um comentário, diante de tamanha covardia
    e a covardia se torna ainda maior, porque se trata de um homem
    público, e que não teve menor pudor como ser humano, mas a justiça
    de Deus é fatal, e esse monstro assinou o passaporte dele pro inferno.

    ResponderExcluir

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!