10 de abril de 2013

Policiais acusados de assassinar Ivaldo Mandacaru negam a autoria

Mesmo diante de todas as evidencias os policiais militares do estado de Pernambuco, presos e identificados como Francisco do Nascimento Silva, de 28 anos, e Josenilson de Oliveira Santos, de 32 anos, negam a autoria do crime que tirou a vida do empresário Ivaldo Dias Pereira, conhecido como Ivaldo Mandacaru, de 57 anos.

O pernambucanos não convenceram os investigadores maranhenses. Segundo o delegado Jader Alves a dupla já responde a processos administrativos por desvio de conduta, no estado onde são lotados. Além dos antecedentes, outra prova cabal caiu sobre os policiais, durante o exame de necropsia feito no corpo do fazendeiro.

"Os médicos legistas encontraram no crânio da vítima projéteis compatíveis com os das pistolas apreendidas com os militares. Vamos mandar o material para o Instituto de Criminalística [Icrim] da capital para exames de comparação balística, fundamental para comprovar a participação deles neste caso, que muito ainda precisa ser investigado", completou Alves.
  
A Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Maranhão chegou a agendar uma entrevista coletiva para apresentar a dupla de PMs de Pernambuco, porém resolveu adiá-la por conta da apreensão de novos materiais em poder dos militares, na cidade de Bacabal. Os detalhes desta segunda parte da operação devem ser informados ainda hoje, pelo secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes. (Com informações do Jornal O Estado do Maranhão).

Fonte: Sérgio Matias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!