18 de fevereiro de 2013

Prefeito sofre tentativa de morte por envenanamento

Prefeito de Domingos Mourão Júlio Cesar Barbosa (180 Graus)
O prefeito de Domingos Mourão, Júlio César Barbosa, deu entrevista à TV Antena 10 e comentou sobre a suposta tentativa de homicídio que sofreu na última quinta-feira (15/02) depois de comer uma quentinha, que ao que tudo indica estava envenenada. Para o prefeito, os principais alvos da investigação devem ser as pessoas que estão próximas dele.

“Acredito que o que aconteceu foi 100% de chances pra me matar”, disse o prefeito para a jornalista Elinor Campos no programa Balanço Geral desta segunda-feira (18/02).

Depois de se sentir mal, no final da tarde, o prefeito teve de ser levado para o hospital de Piripiri às presas. De lá, precisou ser trazido para Teresina onde ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no hospital Prontomed. Após tomar algumas medicações para combater a suspeita de infecção intestinal, os médicos decidiram tomar outras medidas.

“Só tive melhoria de fato depois que tomei Andropina, que é um antídoto. Não é um simples remédio pra infecção, mas sim um remédio usado quando se tem sintomas de envenenamento”, disse.

Sobre as investigações, o prefeito foi claro. “Todas as pessoas que estão ao meu redor vão ser investigadas”. Isso porque o prefeito não acredita na possibilidade de haver envolvimento de adversários políticos. “Eles estão distantes, as pessoas que devem mesmo ser investigadas são aquelas que estão próximas de mim”, afirmou.

O prefeito contou ainda que nenhuma identificação foi feita na quentinha, que continha carne assada, arroz, feijão e farofa, mas o modo como foi servida, indica sim que ela direcionada. “Tenho certeza de que fizeram de tudo para que eu comesse”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!