1 de outubro de 2011

Bancos públicos aderem à greve

Os bancários decidiram entrar em greve em todo o país no meio desta semana, por tempo indeterminado. A decisão foi tomada após assembleias dos sindicatos da categoria realizadas em todo o país. A greve atinge bancos públicos e privados.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), que coordena o Comando Nacional dos Bancários, afirma que o objetivo do movimento é pressionar a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) a retomar as negociações e a melhorar a proposta de aumento real de salários da categoria, cuja data-base para renovação da convenção coletiva de trabalho é 1º de setembro.

Seguindo orientação do Comando Nacional, a categoria recusou a proposta de 8% de reajuste, feita pela Fenaban durante a quinta rodada de negociações, na última sexta-feira (23/09). Essa proposta significa apenas 0,56% de aumento real, continuando distante da reivindicação de 12,8% de reajuste 5% de ganho real mais a inflação do período.
Agências da Regional de Bacabal que estão fechadas:

Olho D´Água das Cunhãs: Banco do Brasil
Bacabal: Caixa, Banco do Brasil, BNB, Basa,
São Luis Gonzaga: Banco do Brasil
Banco do Brasil – São Luís Gonzaga
Lago da Pedra: Banco do Brasil
Paulo Ramos: Banco do Brasil
Vitorino Freire: Banco do Brasil
São Mateus: Banco do Brasil

Somente as três agências do Bradesco (Bacabal, Lago da Pedra e São Mateus) não aderiram à greve.

Fonte: Blog do Louremar


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!