15 de agosto de 2011

Servidores da Justiça continuam em greve


Os servidores da Comarca de Bacabal continuam o movimento, mesmo após a suspensão da greve por meio em liminar concedida pelo desembargador Raimundo Cutrim.

Na quinta-feira, 11, os servidores saíram às ruas. Encorpou o movimento, servidores de Lago da Pedra, Olho D’água das Cunhas, Vitorino Freire, Paulo Ramos, Esperantinópolis, Amarante do Maranhão e São Luís Gonzaga do Maranhão. Eles fizeram passeata, panfletagem e um ato em frente ao Fórum de Bacabal.

José William F. da Silva, Diretor de Interiorização da FESEP-MA – Federação Sindical dos Servidores Públicos do Estado do Maranhão é o porta-voz do movimento. Aos órgãos de imprensa que acompanharam a manifestação, ele explicou as razões do movimento.

Para o Técnico Judiciário, Elton Antônio, Representante Sindical do SINDJUS do polo de Bacabal, “A união dessas Comarcas é mais uma demonstração de coragem e força que o movimento vem crescendo na região do Médio Mearim, estão todos de parabéns”.

A servidora da Comarca de Lago da Pedra, Tatiane, fez uso da palavra afirmando que em Lago da pedra, os servidores estão firmes na greve e agradeceu a todos os companheiros nesta luta.

Para o servidor Sergio Cavalcante da Comarca de Esperantinópolis, é preciso que os servidores continuem engajados na luta por melhores condições de trabalho e que este é um momento importante para todos, pois o movimento está forte e coeso.

Segundo o servidor Robson da Comarca de Paulo Ramos os servidores permanecem firmes e todos aderiram à greve.

O servidor Claudionor, da Comarca de São Luís Gonzaga do Maranhão frisou: “assim como em todas as mobilizações e greves anteriores, os servidores de São Luís Gonzaga estão em peso decididos a lutarem unidos por seus direitos e garantir melhorias para os trabalhadores do judiciário”.

Sobre a suspensão da greve, os servidores entendem que “é um reflexo do forte movimento mantido pela união dos servidores em todo o estado”. O servidor Marcos Valério acentua “os servidores estão firmes e intensificarão suas ações em resposta a mais essa atitude agressiva contra a categoria”.

Fonte: Blog do Louremar


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!