18 de agosto de 2011

Moradores do Povoado Cordeiro fecham estrada e exigem aplicação de recursos



Aproximadamente 500 (Quinhentas) pessoas do Povoado Cordeiro (Pio Xll-MA), bloquearam a estrada que liga o Povoado a BR 316 e a vários outros povoados. O motivo da revolta seria a não aplicação de vários convênios estaduais e federais na localidade.

Segundo a liderança do movimento, um homem conhecido por cabeça Branca (Foto) o gestor da cidade de Pio Xll Mundiquinho Batalha, foi procurado diversas vezes pela população, mas se negou a fazer as obras.

Estão em situação de total abandono: A estrada do povoado, posto médico, colégio estadual, cemitério, praça principal, sistema de TV entre outros...

Cabeça Branca concedeu entrevista exclusiva ao portal Mearim Net e a TV Olho d’Água, onde citou vários possíveis desvios de verbas em convênios firmados pelo município.

“Queremos a estrada, colégio do estado funcionando, funcionamento do posto médico, muro do cemitério, construção da praça, meio fio e sarjeta”. Disse o líder.

O povo de Cordeiro apreendeu uma máquina (Patrol) e aguardava a presença do prefeito de Pio Xll para negociação durante o dia de ontem, ameaçando intensificar ou ainda promover novos movimentos na sede do município.

Por conta do fechamento da estrada, nenhuma escola do povoado estaria em funcionando, os alunos que estudam na sede, também aderiram ao movimento, como boa parte da população, entre: Homens, mulheres, idosos e crianças.

Cordeiro conta com dois vereadores, sendo Davíd oposição e Claudinho situação, este último é irmão do líder do movimento Cabeça Branca. Os dois vereadores não foram localizados.

Nossa reportagem fez contato com a acessória do prefeito Mundiquinho, mas até o momento ninguém se pronunciou.

O portal “MEARIM NET” e a “TV OLHO D’ÁGUA” foram os únicos meios de comunicação que foram autorizados a adentrar o Povoado, sendo conduzido pela própria população a vários locais (Fotos).

Veja os convênios no portal da transparência no endereço abaixo:


                                                                      
                                                                                                         

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!