4 de maio de 2011

SERVIDORES DO MPEMA REALIZAM ATO PÚBLICO EM REPÚDIO AOS 180 DIAS


Para protestar contra o prazo de 180 dias apresentado pela Procuradoria Geral de Justiça para estudar e avaliar o atual Plano de Cargos dos servidores da instituição, sem sequer mencionar em que resultarão os referidos estudos, os servidores de várias comarcas do Ministério Público do Maranhão realizaram na manhã desta quarta-feira, 04 de maio, um grande ato público em frente ao Hotel Luzieros, local onde acontece a primeira reunião de alinhamento estratégico do Ministério Público do Maranhão para os próximos 4 anos.

Os servidores se reuniram na entrada do prédio com cartazes, apitos, nariz de palhaço e trajando a camisa da mobilização. Eles abordavam os demais servidores e membros da instituição para a causa. A intenção do SINDSEMP era participar do evento e entregar carta de repúdio ao prazo de 180 dias estabelecido pela instituição a procuradora, que não compareceu está manhã ao encontro.

Marco Aurélio Ramos, secretário institucional do MPMA, foi chamado mais uma vez para conversar com a categoria e afirmou que, após os estudos que tem o prazo de 180 dias para conclusão, a proposta do Novo Plano de Cargos elaborada pela comissão designada pela Procuradoria, será apresentada a categoria.

Entre outros pontos, os servidores deixaram claro que não aceitam o prazo tão longo, pois a pauta de reivindicação foi entregue em 27 de setembro de 2010, há mais de 200 dias. 

Questionado pelos servidores sobre o porquê a própria procuradora Fátima Travassos não recebe o sindicato e servidores para conversar, o secretário Marco Aurélio foi taxativo: “ A procuradora-geral de justiça é a procuradora-geral de justiça. Não irá de modo algum desagendar seus compromissos por conta do movimento sindical”, afirmou.

Já quando questionando sobre o motivo de não convidar o sindicato, ou o presidente do mesmo para participar do alinhamento, o secretário disse que houve um problema de comunicação com o sindicato e que o nome do presidente constava na lista de servidores convocados, porém como ele está afastado para exercer atividade sindical, foi eliminado para ceder vagas a outros servidores do quadro. 

Ao fim da conversa com a categoria, Marco Aurélio Ramos disse que, os servidores convidados a para o alinhamento deveriam estar dentro do prédio participando do evento, pois, receberam diárias para isso e garantiu que seria liberada a entrada dos servidores credenciados trajando a camisa da mobilização no encontro.

Aline Coelho (Ascom-SINDSEMP)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!