18 de março de 2011

Vândalos quebram sede da Câmara Municipal de Lago-Açu


Governadora Roseana Sarney e a prefeita Marly Souza
Vereadores de Conceição do Lago-Açu (a 312 km de São Luís) não puderam votar, na tarde de hoje (18), uma proposta de CPI para investigar irregularidades na gestão da prefeita do município, Marly dos Santos Sousa Fernandes (PSL). É que mais de 200 pessoas – trazidas pela prefeita e seus aliados do interior e de cidades vizinhas, segundo o Jornal Pequeno apurou – patrocinaram um violento quebra-quebra na Câmara de Vereadores, impedindo a sessão.

De acordo com o que testemunhas do vandalismo disseram ao JP, entre os agressores estavam vários secretários municipais. Eles entraram na sede do Legislativo Municipal e logo quebraram a vidraça que separa a galeria do plenário, o que causou ferimentos em algumas pessoas que esperavam o início da sessão.
Policiais do 15º Batalhão da Polícia Militar de Bacabal foram chamados para tentar conter os vândalos.
Tiros também teriam sido disparados do lado de fora da Câmara, e o carro do presidente da Casa, vereador José Alcoforado de Albuquerque Júnior (PTB), que faz oposição à prefeita, foi apedrejado.

As irregularidades que pesam contra a administração de Marly Sousa foram elencadas num documento elaborado pelo Sindicato dos Servidores de Conceição do Lago-Açu, entregue há três meses a três órgãos investigativos – o Ministério Público Federal (MPF), o Ministério Público Estadual (MPE) e a Controladoria Geral da União (CGU).

Dispensas irregulares de licitações, contratação de empresas fantasmas, utilização de notas frias para justificar despesas e desvios de recursos da Saúde e da Educação estão incluídos no imenso rol de irregularidades.

Fonte: Jornal Pequeno

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!