16 de fevereiro de 2011

Salário mínimo será votado hoje e deverá ser de R$ 545,00

A Câmara vota nesta quarta-feira (15) o valor do salário mínimo para 2011 e a política de reajustes do piso até 2015, o primeiro grande desafio do governo Dilma Rousseff (PT) no Congresso. A expectativa entre líderes da base aliada e até da oposição é de que o governo vença o embate, consiga aumentar o mínimo para R$ 545 e colocar em lei reajustes anuais que considerem a inflação e o crescimento do PIB, o que levaria o piso para R$ 616 no ano que vem. Com isso, sairiam derrotadas as centrais sindicais, que prometem pressionar até o último momento por um mínimo de R$ 560, e a oposição, que ainda tenta ampliar o número de dissidentes entre os governistas.



VOTAÇÃO DO MÍNIMO
Salário mínimo vigente: R$ 540

PROPOSTAS EM DISCUSSÃO
— Governo: R$ 545 (só reposição da inflação)
— Centrais: R$ 560 (inflação e mais 3%. Valor a mais seria antecipado do aumento de 2012)
— DEM: R$ 560 (sem antecipação do aumento de 2012)
— PSDB: R$ 600 (valor defendido por José Serra na campanha eleitoral).
COMO SERÁ A VOTAÇÃO: A partir das 14h, começa a sessão na Câmara. O projeto de lei vai entrar em regime de urgência. Primeiro, serão votadas as propostas de mais altas para o salário mínimo até se chegar à votação dos R$ 545. Se for aprovada, o projeto segue para o Senado.
 (Congresso em Foco).

Fonte: Jornal Pequeno

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!