25 de novembro de 2010

Idoso se emociona ao narrar assalto em sua própria casa


Vicente José Pereira, vítima de assalto em sua casa

Aquí o aposentado ficou amarrado sob a mira dos bandidos

O idoso conhecido por Vicente José Pereira, 66 anos, vítima de assalto em sua residência na Rua São Francisco, informou detalhes sobre o crime. Segundo ele, os elementos chegaram, perguntaram se a casa ainda estava a venda, foram entrando, olharam um dos quartos, anunciaram o assalto, pediram que o homem passasse os 10 mil, referencia a uma importância que a vítima teria em sua casa. Seu Vicente ficou sob a mira de dois revolveres o tempo todo, foi amarrado com fita adesiva, e teve a boca presa pela mesma fita, os bandidos começaram a procurar pela suposta quantia, buscaram por toda a casa, reviraram tudo, e ameaçavam o refém de morte, foram momentos de agonia, até eles largarem o idoso no quarto com a porta trancada, após perceber o silêncio, que indicava a ausência dos assaltantes, ele usou a boca para puxar o ferrolho da janela, onde pediu socorro a vizinhos.


“Pedi para Deus não deixar eles me matarem” disse: Seu Vicente, visivelmente emocionado e feliz por estar vivo.

Testemunhas afirmam que os bandidos fugiram numa moto Bross, preta e sem placa, no sentido do Mercado Municipal.

Residência da vítima de assalto
Um vizinho ligou para a polícia, que embora tenha demorado a chegar, por não conhecer o local do crime, fizeram os procedimentos minutos depois.

Na noite anterior, o Supermercado Olho d’Água foi invadido por bandidos, que levaram uma quantia significativa. A onda de roubos, assaltos, furtos e outros crimes, estão levando a população a se trancar em suas próprias casas, pois nem mesmo nelas temos a sensação de segurança.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!