30 de outubro de 2010

PF prende filho do prefeito de Lago Verde com R$ 327 mil

Uma diligência da Polícia Federal, realizada na tarde de ontem, resultou na apreensão de R$ 327,00 que teriam sido sacados irregularmente da conta da Prefeitura de Lago Verde.
Durante a operação, o filho do prefeito de Lago Verde, Raimundo Almeida, e um funcionário da prefeitura foram presos, em Bacabal, depois de flagrados com R$ 327 mil e 26 talionários de cheques. A ação foi comandada pelo delegado Pedro Meirelles.

Alex Almeida, que é o secretário de Administração do governo do pai, e o servidor de nome não divulgados foram trazidos a São Luís onde foram ouvidos durante toda a madrugada.

Os advogados da prefeitura alegam que o dinheiro seria usado para fazer o pagamento do funcionalismo, já que em Lago Verde não existe agência bancária. Afirmaram ainda que parte dos recursos serviria para pagar uma banda de forró que se apresentaria na cidade.

No entanto, os policiais foram até a prefeitura e o prédio estava fechado. Nenhum servidor municipal sabia de tal pagamento. A polícia acredita que o dinheiro seria usado no pagamento de agiotas e do ex-prefeito da cidade, padrinho político de Raimundo Almeida, que não foi localizado pela PF.

Fonte: Jornal Pequeno

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!