22 de outubro de 2010

Maranhense inventa telefone que funciona com energia solar

Os visitantes da 1ª Mostra Científica do Maranhão, evento que faz parte da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e ocorre na Praça Maria Aragão até hoje, estão tendo a oportunidade de conhecer o que está sendo produzindo em termo de ciência, tecnologia e inovação no Estado. Um dos projetos expostos na mostra é um telefone fixo, sem fio, que funciona tendo como fonte de energia a luz solar.


A ideia, que já está patenteada com a ajuda da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), é do técnico em eletroeletrônica Jecefran Martins. O protótipo, segundo explicou Jecefran, foi desenvolvido a partir de sucata de telefones e precisa apenas de meia hora ao sol para funcional durante uma semana sem precisar de recarga.

“O aparelho funciona a uma distância de 40 km das antenas de celular e é capaz de rastrear sinais de radio FM para captura de ligação”, conta. “Em locais onde a rede de telefônica fixa não chega, ele chega por um sinal GSM associado a tecnologia WLL”, completa.

Batizado de DCMCP – Dispositivo Móvel de Comunicação Pública, o aparelho tem como finalidade promover comunicação entre grandes distâncias, onde há dificuldade de comunicação através da rede fixa e acesso escasso a energia elétrica.

Jecefran explica que o aparelho é ecologicamente correto, não utiliza fios e cabos que geram poluição visual e ligações clandestinas e, também, não necessita de baterias automotivas, que por defeito e furto, são de elevado custo para empresas e oferecem grande impacto ambiental ao serem descartadas.

Jecefran, agora, corre atrás de financiamento para melhoria do projeto e industrialização. “Uma barreira importante eu já venci, que foi a de patentear a invenção, ano passado. A ajuda da Fapema foi muito importante nesse processo”, revelou. “Agora sei que ninguém vai roupar a minha ideia”, finalizou.

A I Mostra Científica do Maranhão é uma promoção da Fapema, em parceria com a Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Centro Universitário do Maranhão (Uniceuma) e apoio da Vale e Secretaria Estadual de Educação. No Maranhão, a coordenação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia está sob a responsabilidade da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Sectec).

Fonte: Imirante

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!