9 de setembro de 2010

Vice-prefeito de Lago Verde afirma que está sendo ameaçado de morte

O vice-prefeito de Lago Verde, Olivar Lopes de Melo (PSL), denunciou ontem que está sendo ameaçado de morte por aliados do prefeito do município, Raimundo Almeida (PP). "Já recebi recados de gente ligada ao prefeito, dizendo que vão mandar me matar, matar o presidente da Câmara e matar outros vereadores pelo simples fato de o nosso grupo político fazer oposição ao atual prefeito", afirmou Olivar de Melo.


Ele explicou que no começo de fevereiro, a Câmara de Vereadores cassou o mandato do prefeito Raimundo Almeida, acusado de não prestar contas e permitir procedimentos licitatórios suspeitos. Entretanto, no início do mês de agosto, o juiz da 3ª Vara de Bacabal, Wilson Manoel Silva, determinou o retorno de Raimundo Almeida ao comando do município.

Desde então uma série de recursos na Justiça provocou uma sucessão de mudanças no Executivo entre o prefeito e o vice-prefeito Olivar de Melo. No período do litígio, ambos fizeram saques milionários das contas da administração. O caso foi parar até no Superior Tribunal de Justiça (STJ) sendo julgado desfavorável ao prefeito. Ainda assim, no dia 12 de agosto, o juiz Wilson Manoel Silva julgou o mérito do mandado de segurança, decretando nula a cassação do mandato do prefeito.

Em contato com a reportagem do Jornal Pequeno, Olivar de Melo disse na manhã de ontem que, na noite da sexta-feira passada, a residência do presidente da Câmara, Marlon Costa, localizada na Rua Manoel Campos, foi alvejada por diversos tiros, disparados por dois homens desconhecidos que se encontravam em uma motocicleta.

Segundo Olivar de Melo, também estão sendo ameaçados de morte os vereadores José Raimundo Castro, mais conhecido como R. Pequeno; José Rodrigues Ribeiro, o Zé Baixote, Chico Maroca e a vereadora Edilza Honorata de Melo.

"Nós estamos pedindo garantias de vida às autoridades da Segurança Pública do nosso Estado, porque estamos sendo ameaçados. Estamos numa situação difícil, porque o prefeito é arrogante e prepotente. Ele diz que ele é que manda na cidade e que lá tem de ser do jeito dele", declarou o vice-prefeito, Olivar de Melo

Fonte: Jornal Pequeno

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!