19 de setembro de 2010

Falta de apoio, faz Seleção olhodaguense de Beach-soccer, virar saco de pancadas

A Seleção Olhodaguense de Beach-Soccer disputou o Campeonato Maranhense pela 2ª vez, mesmo com uma melhora significativa nos resultados em relação a 2009, o time foi goleado duas vezes e em uma das partidas chegou a está ganhando, mas não segurou o resultado.


Veja a campanha:

1ª Fase:

Tutoia 7x0 Olho d’água das Cunhãs

Cajarí 5x5 Olho d’água das Cunhãs (Perdeu na prorrogação)

Bahrain 6x1 Olho d’água das Cunhãs Bahrain


Segundo Marcio (Sidon) Ex-goleiro do nacional de Santa Inês, que atuou pela equipe olhodaguense em São Luís, a falta de incentivo dos empresários e dos políticos, desmotivou o time na competição. O atleta falou ainda, que somente contaram com o apoio do Presidente da Federação Maranhense de Beach-Soccer, Eurico Pacifico, amigo do Técnico Flávio (Zacarias).

“Só disputamos o torneio porque Eurico nos dava R$ 120,00 (Cento e vinte reais) todo dia, mas, dormíamos no Castelão, em condições precárias, num calor escaldante, não tem como joga bem” disse: O goleiro Marcio. O jovem reclamou também da falta de entrosamento, e de um local para treinar, pois a cidade não conta com uma quadra (Arena) de Beach-Soccer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O usuário é responsável pela repercusão do comentário!